Mantendo a modéstia - Por Carol Maldaner

  • 14:53
  • By Modéstia e Pudor - Colaborador
  • 0 Comments




 "The Empress Eugenie Surrounded by her Ladies in Waiting" painted by Franz Xavier Winterhalter (Born 1805 - Died 1873; German artist) in 1855.

A moda modesta é rara de ser encontrada.

Isso porque a moda hoje é feita para que a mulher fique SEXY!

A palavra sexy vem do inglês e, segundo o Dicionário Houaiss, sua etimologia está vinculada aos significados “sexualmente sugestivo ou estimulador; erótico; atrativo e interessante; sensual”. Sua etimologia já explica muitas coisas e esclarece muitas confusões.

Mas o que houve com nossa cultura, que faz com que o topo da beleza feminina seja aquele que se exprime através da palavra ‘sexy’?

O fato é que o pensamento revolucionário tomou conta e usa e a mídia como meio de propagação. O ideal de que “tudo o que é bonito é pra se mostrar” está nas salas das casas entre famílias, dividindo poltrona com os filhos e tomando decisões para toda uma comunidade. As pessoas tomam aquilo que veem na TV como verdade, na ânsia por um ícone se prendem às celebridades acreditando que sendo como elas serão melhores, no jogo entre vaidade e virtude, a segunda não tem vez!

E devagar foi-se super-sensualizando a sociedade, as mulheres. Elas, que mesmo com tudo isso não abandonam o sonho do príncipe, fazem de tudo para atraí-lo. E, caindo no encanto da mídia, acreditam que com o corpo conseguirão o amor de suas vidas. Pobres dos homens que precisam lutar diariamente contra as ocasiões de pecado que as próprias mulheres os colocam.

“Certamente, uma mulher que veste roupa imoral pode condenar-se. E pode condenar-se, quer pelo pecado que comete ela mesma, quer por que causa a condenação de outras pessoas” (São João Eudes)
Aproveito e deixo aqui este vídeoO que os homens pensam sobre modéstia - C. J. Mahaney 

Por essa avalanche fomos engolidos. Mulheres que buscam se vestir de forma com que seu interior seja o que mais chame atenção são muitas vezes ridicularizadas pelos outros. Eis nossa cruz – pesada, rotineira, mas que logo passa a ser leve, quando percebemos a grandeza deste pequeno ato.
Como você quer ser vista, mulher? Que tipo de homem quer atrair? Que mensagem sobre si mesma você quer passar? Tudo isso, de primeiro momento, é sua roupa quem dirá. Sua imagem diz quem você é e o que sente. Por isso, na busca em ser alguém melhor, na tentativa de não ser ocasião de pecado a ninguém, na esperança de ser vista como filha de Deus e não como pedaço de carne, na ânsia por atrair olhares bondosos e tentar evangelizar com modos e ações e sobretudo, na expectativa de honrar nossa Rainha e nosso Senhor, escolho a modéstia.
E não há do que se envergonhar e nem verdade a ser escondida.

"Certos homens odeiam a verdade, por amor daquilo que eles tomaram por verdadeiro" (Santo Agostinho)



“Quando a morte te arrancar deste mundo, cheio de vaidades e luxos sem razão e chegardes a Minha Presença para ser julgada... vendo os pecados que os homens cometeram ao olhar para o teu corpo escassamente coberto, tu própria ficarás envergonhada. Que pretexto poderás então apresentar-Me? Ai de ti mulher pelos teus escândalos! Ai de ti que perdeste o pudor e a vergonha! Porque procedes assim? Porque me crucificas novamente com os cravos da tua imodéstia?” (Palavras de Jesus a Santa Ângela de Foligno)

Nós, mulheres que escolhemos este belo lado, temos um grande desafio na busca pela modéstia - a compra de roupas. Há ótimas lojas cristãs na internet porém a maioria delas possui o preço mais elevado do que as roupas “normais”, exatamente por terem uma demanda menor.

Portanto, quero deixar aqui algumas dicas para meninas que, assim como eu, de repente olharam seus guarda roupas e perceberam que pouca coisa dali poderia acompanhar sua mudança de vida. Mas há maneiras de adaptar o que já temos de forma com que fique elegante e modesto.


Se o vestido ou saia estão curtos, pode-se colocar uma barra de outra cor para dar um charme, ou mesmo a renda. Na falta e na pressa, se o clima  ajudar, uma legging por baixo já resolve todo o problema.


Nos decotes e regatas também pode usar a renda, quando achar necessário. Renda é sempre bem vinda. Um simples top ou outra blusa por baixo vestido já tampam o que não deveria ser mostrado também e em uma peça que tenha as costas muito expostas, um casaco já muda o look e fica muito bonito sabendo combinar.
Cachecóis também servem para dar um charme e cobrir um decote indesejado.






“AS ROUPAS COBREM O CORPO PARA NOS DEIXAR VER OS VALORES DA ALMA” (SANTO PADRE JOÃO PAULO II)





Espero que gostem e nos enviem outras dicas que encontrarem também para compartilharmos com os demais seguidores.

Coragem, meninas! Lutemos por resgatar as virtudes perdidas e fazer de nosso meio um lugar melhor para se viver, um ambiente que agrade a Deus, acima de tudo!

Salve Maria!

“O pudor protege o mistério das pessoas e do seu amor…. A modéstia é decência. Inspira a escolha da roupa. O pudor inspira um modo de vida que torna possível resistir às seduções da moda e das ideologias dominantes. As formas tomadas pelo pudor variam de uma cultura para outra. Em toda parte, entretanto, a modéstia existe como uma intuição da dignidade espiritual própria do homem. Esta nasce com o despertar da consciência de ser um sujeito. Ensinar a modéstia às crianças e aos adolescentes significa despertar neles o respeito pela pessoa humana” (CIC 2522-2524)





You Might Also Like

0 comentários