Caderno Espiritual: Você conhece?

  • 16:11
  • By Modéstia e Pudor - Colaborador
  • 0 Comments

     


Nossa amiga e seguidora Suzana Carolina, dia desses, em uma conversa, disse-me sobre um “caderno espiritual”, “livro da vida” ou “diário espiritual”, como quiserem chamar, no qual seu Diretor Espiritual recomendou que fizesse todas as anotações de graças recebidas. Logo que ela me apresentou essa ideia pensei em nossos seguidores, para que a cada dia mais ajudemos a todos a crescer em santidade. 
        Além da obediência a seu Diretor, nossa amiga foi inspirada, claro, por grandes Santos e almas que aspiram à santidade. 
        O primeiro contato dela com esse “método”, digamos assim, de meditação, foi através de um livro de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, onde ele falava que anotava todas as graças que recebia. 
        Padre Reus, que era diretor espiritual de Cecy Cony, uma moça que se tornaria a mística e religiosa Irmã Maria Antônia, recomendou que ela também anotasse tudo o que vivia, pois é dali que se colhem grandes frutos espirituais. A jovem convivia em perfeita sintonia com seu Anjo da Guarda e hoje nós também podemos colher os frutos de seus escritos. Além, é claro, de Santa Terezinha em História de Uma Alma que nos deixou um verdadeiro tesouro através de seus escritos. 
         Uma professora de Literatura Acompanhada indicou à Suzana que qualquer crescimento mental e espiritual se faz através de anotações, então ela também possui um caderno onde anota tudo o que advém de suas leituras em literatura. 
         Portanto, essa técnica é de grande crescimento espiritual e intelectual. 
         É algo semelhante ao Pote da Gratidão que a Letícia já recomendou aqui. 

         Pode-se fazê-lo com o mesmo fim e ao iniciar um novo ano você pode recordar de todas as alegrias que teve, para se emprenhar e rezar mais devotamente a fim de colher novos e melhores frutos no próximo ano. 
         Nesse caderno anota-se todas as resoluções espirituais da pessoa, quanto tempo de oração diária fará, qual o propósito semanal para se santificar, e também anota-se os efeitos que, durante meditação ou leitura literária, a pessoa teve, para que não se esqueça. É importante também colocar todas as graças recebidas, as novenas e devoções particulares que já fez, com suas respectivas datas e pedidos.  
         O caderno pode ser dividido em 3 partes: 

- Graças recebidas durante meditação ou no cotidiano; 
- Efeitos causados pela literatura, escrevendo qual passagem do livro lhe trouxe determinada inspiração; 
- Cronograma de novenas e devoções

         Dessa forma você conseguirá organizar sua vida espiritual e intelectual e utilizará esse livro para sempre avivar sua fé. Quando estiver tíbio ou triste pegará seu caderno na parte das graças recebidas e irá se lembrar do quanto Deus te ama, quanto já lhe agraciou sem nada merecer e o muito que Ele ainda pode te dar.



Recomendações da Suzana:

 Livros recomendados para meditação, organizados por complexidade, conforme a pessoa cresce espiritualmente. 

 1 - O Livro da Vida de Santa Teresa D’Avila 

2 - Imitação de Cristo de Tomás de Kempis 

3 - Filoteia de São Francisco de Salles 

4 - A Prática do Amor a Jesus Cristo de Santo Afonso Maria de Ligório 

5 - A Oração de Santo Afonso Maria de Ligório 

6 - Glórias de Maria de Santo Afonso Maria de Ligório 

7 - O Livro da Confiança de Padre Thomas de Saint Laurent 

8 - A alma de todo Apostolado de Dom Jean-Baptiste Chautard

You Might Also Like

0 comentários