Deus pode me chamar para ser uma freira, mesmo não tendo o desejo de ser uma?

Deus pode me chamar para ser uma freira, mesmo não tendo o desejo de ser uma?

Tradução do original "Could God be calling me to be a nun, even though I don’t have the desire to be one?", do Chastity Project. Grifos nossos.

Você poderia imaginar um homem que exigiu que uma mulher se casasse com ele, embora ela realmente não estivesse interessada? Ou você poderia imaginar uma mulher que concordou em se casar com um amigo enquanto ela não encontra ninguém melhor até o momento em que completar 40 anos? Isso não é nem um pouco romântico. Felizmente, Deus não opera dessa forma. Ele é um amante e não um sequestrador. Na verdade, a única razão para que Ele queira que você entre na vida religiosa é se desejá-la com todo o seu coração.

Eu não posso falar por Deus, mas imagino que Ele não fica mais orgulhoso quando uma mulher se torna uma freira do que quando ela se torna uma esposa. O que O encanta é quando fazemos Sua vontade, independentemente do que seja. Ambas as vocações são chamadas à santidade, e o nosso trabalho é apenas dizer sim a Ele. Algumas mulheres não são chamadas ao matrimônio e nem à vida religiosa, mas ainda podem cumprir o plano que Deus tem para elas, dando o seu entusiástico "Sim" para Ele em sua vida diária.

Embora isto possa soar estranho, é bom que você se sinta impulsionada em direção a ambas as vocações. É natural e saudável ver a beleza de uma vida conjugal, se Deus te chama a vida religiosa. Da mesma forma, acho que seja saudável se sentir atraída pela vida religiosa mesmo se você for chamada para ser uma esposa. Qualquer bom católico se sentirá atraído (pelo menos até certo ponto) por ambas as vocações, por isso nem sempre é a melhor escolha deixar seus sentimentos determinar a sua vocação. Eles desempenham um bom papel, mas podem ficar bastante confusos às vezes.

Talvez Deus não queira que você saiba a sua vocação no momento. Viver a vontade d’Ele não significa que sempre saberá o futuro. Na verdade, se Ele é a “lâmpada para os meus pés”, como diz o Salmo, isso parece implicar que Deus pode simplesmente guiar-nos um passo de cada vez. A vontade do Senhor é o nosso esconderijo, e Ele nos diz para não se preocupar com o amanhã. Hoje é o lugar onde a paz deve ser encontrada.

Deus sempre nos ouve quando oramos. Ele sempre nos responde: às vezes com um sim, às vezes com um não, e às vezes com um "espere". Todas são respostas às nossas orações, mesmo que elas não sejam a resposta que queremos imediatamente. Talvez Ele esteja lhe chamando para a vida matrimonial, então agora é um momento em que Deus realmente quer ensinar-lhe sobre a confiança, sem medo. Talvez você não tenha nenhum desejo de entrar para um convento agora, mas daqui a alguns anos seu coração pode almejá-lo. Quem sabe? Só Deus. Portanto, se apeguem a Ele e confiem n’Ele com todo o seu coração. Esteja em paz sabendo que o Senhor tem um plano em mente para você.

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. E serei achado de vós, diz o Senhor, e farei voltar os vossos cativos e congregar-vos-ei de todas as nações, e de todos os lugares para onde vos lancei, diz o Senhor, e tornarei a trazer-vos ao lugar de onde vos transportei.” (Jeremias 29:11-14)

Como São Francisco de Sales disse:


"Não espere as mudanças e eventualidades desta vida com medo;
Antes, olhe para elas com plena esperança de que à medida que surgem,
Deus, de quem você é filho, te conduzirá com segurança perante elas;
E quando tu não puderes suportá-las, Deus carregará você em Seus braços.
Não se preocupe com o que pode acontecer amanhã;
O mesmo Pai eterno que cuida de você hoje, se encarrega de você amanhã e todos os dias.
Ou Ele protegerá você do sofrimento, ou lhe dará a força infalível para suportá-lo
Esteja em paz, pois, e afaste todos os pensamentos de angústia."


Se for para a vida religiosa que Deus te chama, você não tem nada a temer. Falando das monjas de clausura, São João Paulo II observou certa vez, “Ele é uma força, ou melhor, uma pessoa que as chama. É o Noivo invisível que leva suas jovens amigas para envolver-se atrás dos portões do Carmelo para o resto de suas vidas. Eu às vezes ia visitá-las, e devo confessar que é difícil encontrar pessoas mais alegres”.

Texto original.

 

Larissa Maria

Pernambucana, estudante de pedagogia e idealizadora do blog Mel de Moça. Considero de plena importância difundir a modéstia e o pudor entre as moças, pois a pureza da alma pode levar outras almas para Deus. Guiada pela Santa Virgem Maria, tenho como princípio, buscar verdade e o saber como forma de edificar.

 

POSTS relacionados

Já temos 16 comentário(s). DEIXE O SEU :)
May Jp

May Jp

Oi! Eu sinto muito forte no meu coração a vontade de casar e formar uma família, porém fico muito preocupada e angustiada pois penso que Deus possa não querer isso pra mim. Eu fico com medo do padre e das outras pessoas me dizerem que eu não posso casar e ter filhos. Já considerei a opção da consagração e ser freira mas me deixa muito triste pensar em não viver o matrimônio.
★★★★★DIA 13.08.19 11h30RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Tatiana Souza

Tatiana Souza

Boa noite !
Preciso de um direcionamento,estou muito confusa.
Sou uma pessoa de muita fé, sempre acreditei em Deus mas nunca pensei na possibilidade de me tornar freira.
Tenho 27 anos e nunca namorei.
Espero pelo cara que eu sei que Deus reservou para min e que vai me completar de todas as formas.
Tenho o desejo de constituir uma família e ter 1 filho.
Mas até o momento esse cara não apareceu. Isso me dá uma angústia.
Ontem tive um sonho onde estava com um vestido como se fosse uma bata longa branca. E andava em direção ao quintal da minha casa. Do nada ouvia a voz de Deus e o meu corpo levitava em direção ao céu. Sentia uma luz forte tomando meu corpo e Deus me dizendo que eu estava santificada.
Eu falava no sonho que não tinha certeza de que queria me tornar freira e mudar a minha vida.
Acordei com uma sensação estranha.
Mas o sonho me deixou com a impressao de que era o espirito santo no meu corpo.
Não sei se foi o fortalecimento da minha fé e vida espiritual ou o chamado de Deus para ser freira?
Não tenho o desejo no meu coração de me tornar freira.
Mas entrego a minha vida nas maos de Deus.
★★★★★DIA 03.07.19 19h14RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Letícia B

Letícia B

Olá, Tati! Tudo bem?


 


Idade não tem nada a ver com vocação! Não sei se você já passou por um discernimento vocacional bem feito... se sim, fique com o coração em paz. Se não, talvez seja a hora de buscar um bom sacerdote, estar aberta ao chamado de Deus e conhecer diferentes ordens, talvez até fazendo alguma experiência nelas.


Por outro lado, talvez seja o momento de você sair mais, conhecer novas pessoas, fazer aulas de inglês,dança, sair com suas amigas, viajar, fazer voluntariado... a sua vida não pode se resumir a você estar ou não com alguém. Se você for freira ou se você se casar, isso é uma parte da sua vida, não ela inteira.

Estes textos também podem te ajudar:
https://www.modestiaepudor.com/artigo/ser-alguem-solteiro-incomoda-muita-gente
https://www.modestiaepudor.com/artigo/curta-a-solteirice

Com carinho,

★★★★★DIA 04.07.19 10h33RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Michelle Santos Bispo

Michelle Santos Bispo

Eu estou totalmente perdida.
Estou no vocacional daqui da minha cidade ja faz 1 ano e pouco,porém ainda ñ consegui dar o segundo passo...
Tem horas q eu acho q vou ficar assim pra sempre sem saber o que Deus quer de mim
★★★★★DIA 16.06.19 11h12RESPONDER
Letícia B
Enviando Comentário Fechar :/
Letícia B

Letícia B

Oi, Michelle! Tudo bem?


Olha, vocação não é uma coisa que temos que escolher entre "o certo" e "o errado" ou entre "o bom" e "o ruim". Todas as vocações são boas e certas! Mesmo que sua vocação seja uma e você escolha outra, isso não significa que você não será santa. Acima de tudo está o livre-arbítrio, a nossa liberdade, e o plano de salvação de Deus para nós vai muito além da nossa escolha vocacional.


Portanto, continuar ou não nessa comunidade, escolher o caminho X ou Y depende de você. Não tente jogar esta escolha para outras pessoas.


Lembre-se também que dentro de uma mesma vocação (ex: celibato) há muitos caminhos. Você pode ser uma freira celibatária ou uma leiga celibatária. Você pode ser de clausura ou viver em meio ao mundo. Enfim... Há muitas opções e, em última análise, somos nós quem escolhemos!


 


grande abraço

★★★★★DIA 18.06.19 13h38RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Feyre Stony

Feyre Stony

Nunca ouvi ninguém falar sobre pessoas que acham ser chamados para uma vocação mas optam por outra. Li textos onde santo afonso fala que Deus vira as costas para essas pessoas e que as mesmas perdem a salvação. Qual a opinião da igreja sobre o assunto? E qual a opinião de vocês?
★★★★★DIA 04.04.19 18h01RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Letícia B

Letícia B

A opinião da Igreja é que em primeiro lugar está a liberdade individual (livre-arbítrio)


Deus pode nos mostrar o melhor caminho, mas cabe a nós escolhermos por ele ou não.


Escolher uma vocação não significa escolher entre "o bom" e "o ruim". Significa escolher entre "o bom e o bom".


Podemos ter uma inclinação e um chamado para uma vocação, e podemos recusar e escolher outra vocação. De qualquer maneira, independentemente da vocação, somos chamados a santidade - e isso em todas as vocações e estados de vida.


Ou seja, independente do que você escolher, seja santa onde você estiver!


Espero ter esclarecido :)


 

★★★★★DIA 04.04.19 22h14RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Feyre Stony

Feyre Stony

Tenho uma dúvida que nunca vi alguém comentar sobre: E quem descobre sua vocação, mas não quer segui-la, opta por seguir outra vocação, Deus virará as costas para essa pessoa? E a mesma não conseguirá se salvar?
★★★★★DIA 04.04.19 17h23RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Letícia B

Letícia B

De jeito nenhum! Em primeiro lugar está a liberdade da pessoa em escolher o seu próprio caminho ;)

★★★★★DIA 04.04.19 22h11RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
camila aparecida

camila aparecida

Eu queria saber se realmente Deus quer que eu seja freira,eu nunca tive um namorado até hoje com quase 21 anos e sinto que Deus não quer que eu namore. Eu vejo pessoas "feias" que já tiveram alguém e a minha hora nunca chega e eu cheguei a uma conclusão que Deus quer que eu seja religiosa que eu vire uma freira,mas eu não quero, eu quero casar daqui alguns anos e formar uma família. Estou totalmente perdida e confusa
★★★★★DIA 26.01.19 23h44RESPONDER
Letícia B
Enviando Comentário Fechar :/
Letícia B

Letícia B

Oi, Camila, tudo bem?


Fique tranquila! Você não é a primeira nem a única nesta situação. Há muitas pessoas, inclusive perto dos 30 anos, que nunca namoraram e que ficam pensando se entenderam errado a própria vocação. Não é porque você não tem ninguém que deve escolher o celibato como uma "fuga" ou "desculpa".


Reze, peça a Deus um claro discernimento sobre sua vocação. Esteja aberta, pois é melhor se descobrir vocacionada agora do que daqui 20 anos. Se você sentir que não é o celibato, siga a vida. Deus não te obrigará a nada! A vocação é libertação, não escravidão ;)


 

★★★★★DIA 28.01.19 19h41RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Maria Carmone

Maria Carmone

No meu caso aconteceu o contrário, desejo muito ser religiosa, mas parece que Deus não quer. E também não tenho vocação ao Matrimônio; isso já vários padres falaram. E já tive vários sinais para a vocação consagrada. Descobri minha vocação com 19 anos, mas somente com 24 pude vivê-la, pois minha família nunca aceitou. Isso me atrapalhou muito. Sofri muito para conseguir realizá-la: o primeiro Convento que morei não existe mais, e os outros dois que passei eram muito bons, mas realmente não eram o meu lugar. O último que tentei, cuja espiritualidade identifico totalmente, discerniu que não tenho vocação para lá; acho que agora a idade conta um pouco, pois tenho 41 anos. A opção de viver no mundo para mim não me faz feliz. Às vezes me sinto desolada. Acho que seria muito melhor a opção de 'Deus chamar para ser religiosa sem ter o desejo de ser', do que o meu caso, 'desejar ser religiosa, e não poder'. Rezem por mim. Obrigada.
★★★★☆DIA 09.07.18 22h09RESPONDER
Letícia B
Enviando Comentário Fechar :/
Letícia B

Letícia B

Olá, Maria! Salve Maria!
Muitas santas passaram por provações parecidas com a sua... De cara, estou lembrando de Santa Rita de Cássia e Santa Faustina. Mas há muitas outras que passaram por situações parecidas. Muitos gostariam de ter vocação à vida consagrada e não têm, então não fique triste com seu chamado, mas se alegre e peça a uma destas santas (quem sabe Santa Faustina?) para te mostrar onde é seu lugar.
Muitos com vocação ao matrimônio sofrem por não encontrarem a pessoa certa para se casarem; você está sofrendo por não encontrar a ordem que você se identifique e que te acolha. Em todos os casos, nos resta oração e confiança ao chamado e plano de Deus para nós.


Grande abraço e conte com nossas orações!

★★★★★DIA 10.07.18 17h35RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Yasmin Maria

Yasmin Maria

Esse texto era tudo o que eu precisava "ouvir" no momento. Muito obrigada. Salve Maria!
★★★★★DIA 04.03.18 11h40RESPONDER
Letícia B
Enviando Comentário Fechar :/
anonima indecisa

anonima indecisa

nossa que lindo me ajudou muito
★★★★★DIA 19.02.18 02h01RESPONDER
Letícia B, Yasmin Maria
Enviando Comentário Fechar :/
Jessica Virginia

Jessica Virginia

Esse texto me ajudou em tantas coisas, muitas... Obrigada por compartilhar, que Deus lhe abençoe abundantemente (=
★★★★★DIA 20.12.17 12h46RESPONDER
Letícia B, Yasmin Maria
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/