Entrevista com o doutor Eduardo Honorato R. Alves, ginecologista e obstetra (Ginecologia Integrativa e Obstetrícia)

Entrevista com o doutor Eduardo Honorato R. Alves, ginecologista e obstetra (Ginecologia Integrativa e Obstetrícia)

Entrevista com o doutor Eduardo Honorato: A escolha pela Medicina e a missão com a Naprotecnologia, a ciência médica que tem trazido esperança, especialmente, aos casais com dificuldades para engravidar.

Doutor Eduardo, em primeiro lugar, agradeço a gentileza e a disponibilidade em atender a esta entrevista. Doutor, como foi seu percurso na escolha de sua vocação profissional, que caminhos o levaram à Medicina?

Primeiramente muito obrigado pelo convite. A escolha pela Medicina foi um processo até certo ponto natural porque desde o começo do ensino médio já sentia uma vontade forte em ser médico. Minha formação católica e o período que eu me encontrava (vésperas do ano 2000) fizeram com que eu projetasse situações futuras e cenários adversos, então me perguntava em qual profissão eu me sentiria mais útil à comunidade. O caminho para a Medicina parecia lógico.

O senhor é ginecologista e obstetra, como a foi a escolha dessa área em particular na Medicina?

A escolha pela Ginecologia realmente fugiu completamente dos meus planos iniciais. Quando passei no vestibular pensava seriamente em fazer Pediatria. Com o passar dos anos me encantei com a Cirurgia. No sexto e último ano da faculdade, eu sinceramente não gostava de Ginecologia, e até fiz prova para tentar entrar na residência médica de Cirurgia Geral. De repente, hoje sei que, por inspiração ou intervenção divina, resolvi fazer prova para Ginecologia e Obstetrícia. Quando contei para a minha namorada (hoje esposa) da minha decisão, ela detestou a ideia de um marido ginecologista (sim, já pensávamos em casamento). Foram vários meses de um silêncio de reprovação. Infelizmente, na época, a minha formação espiritual e acerca da Doutrina católica era de certa maneira bem superficial. Como qualquer outro médico residente, terminei a formação sem a mínima noção das implicações morais (como a coparticipação em pecado grave, por exemplo) próprias da minha área. No final da residência médica, minha noiva (já estávamos noivos) me convidou a fazer um encontro de casais da Comunidade Luz da Vida de Goiânia. Foi o começo da nossa transformação, da saída da superficialidade católica para uma caminhada, de fé e razão, rumo à Verdade.

Doutor Eduardo, o que é exatamente a Naprotecnologia? Para que ela serve? Como ela pode ser aplicada? E em que consiste sua aplicação?

A NaProTechnology (Natural Procreative Technology) é uma Ciência Médica criada pelo médico ginecologista norte-americano Thomas W. Hilgers. Respondendo ao apelo do Papa Paulo VI, feito na Encíclica Humanae Vitae, aos cientistas médicos, doutor Thomas Hilgers (que estudou o Método de Ovulação Billings com o próprio doutor John Billings) criou um método natural de planejamento familiar: o Creighton Model FertilityCare System. Esse é um método padronizado e sistematizado de avaliação da fertilidade feminina pelas características do muco cervical. As observações diárias da mulher são anotadas em um(a) gráfico/planilha ciclo após ciclo. Essas anotações fornecem informações importantíssimas da saúde da usuária. A NaProTechnology, NaProTecnologia, ou simplesmente NaPro, é resultado de mais de 35 anos de pesquisas e estudos, que visa realmente tratar as alterações e deficiências apresentadas na saúde feminina sem o uso de qualquer hormônio artificial.

NOTA: Doutor Thomas W. Hilgers, MD, é um médico católico, da Universidade de Creighton, nos Estados Unidos, que, no início da carreira, ainda como um jovem médico, foi profundamente tocado pelo apelo do Papa Paulo VI, feito na Encíclica Humanae Vitae, “Aos homens de ciência”. Assim, em 1985, o doutor Thomas Hilgers fundou o Instituto Papa Paulo VI para o Estudo da Reprodução Humana, localizado em Omaha, no estado de Nebraska, nos EUA. Esse Instituto, reconhecido internacionalmente, oferece treinamento em Naprotecnologia aos médicos com o objetivo de investigar, avaliar e tratar as causas de infertilidade bem como os abortos espontâneos recorrentes.

Em 1994, o Papa João Paulo II nomeou o doutor Thomas W. Hilgers membro da Pontifícia Academia para a Vida. O doutor Thomas Hilgers, com sua esposa, serviu também durante cinco anos no Pontifício Conselho para a Família.

A Pontifícia Academia para a Vida é uma academia científica criada em 11 de fevereiro de 1994, pelo Papa João Paulo II, com o objetivo de estudar, informar e formar sobre os principais problemas de Biomedicina e de Direito, relativos à promoção e à defesa da vida, sobretudo na relação direta que estes têm com a moral cristã e as diretrizes do Magistério da Igreja. A Academia tem caráter supranacional, é composta por membros nomeados pelo Papa, representantes dos mais diversos ramos das ciências biomédicas e daquelas relacionadas com os problemas que dizem respeito à promoção e defesa da vida humana. Possui também outros membros ad honorem e membros correspondentes que trabalham em institutos e centros de estudo sobre a cultura da vida.

Doutor Eduardo, gostaria que comentasse, por favor, sua experiência com a Naprotecnologia. Como o senhor conheceu essa ciência médica? Como surgiu o interesse em estudar e trabalhar com a Naprotecnologia? E como foi sua formação nesse sentido?

Após a conclusão da minha especialização em Ginecologia e Obstetrícia, e já crescendo na fé católica e no conhecimento da Doutrina, iniciei minha carreira de maneira diferente. Já não colocava DIU e não realizava laqueadura tubária, porém, ainda prescrevia pílulas anticoncepcionais, por acreditar que não poderia deixar minha crença religiosa interferir na minha prática da medicina. Eu já utilizava os métodos naturais no meu casamento, mas acreditava que o fato de a paciente pedir que eu prescrevesse um contraceptivo não tivesse nenhuma implicação direta a mim. Eis que minha esposa, estudando nossa Doutrina, me perguntou: “Você sabia que existe coparticipação em pecado grave? A sua prescrição e seu conhecimento na possibilidade de os hormônios anticoncepcionais provocarem algum aborto oculto faz de você partícipe do pecado mortal da sua paciente”. Depois desse choque de realidade (Providência Divina), nunca mais prescrevi hormônios anticoncepcionais. Vendo minha aflição e as pacientes sumirem, minha esposa foi pesquisar o que a Igreja Católica oferecia aos ginecologistas para a prática clínica. Então ela encontrou o Creighton Model System e a NaPro. Coincidentemente (providencialmente), na mesma época, em resposta a alguns questionamentos morais meus quanto à conduta em relação à gestação ectópica, meu diretor espiritual, padre Ailbe O’Reilly, orientou que eu procurasse um tal doutor Thomas Hilgers. Tudo se encaixou. Minha esposa descobriu que havia uma médica em São Paulo que havia feito o curso nos Estados Unidos. Descobrimos o telefone dessa médica, hoje nossa amiga, doutora Carolina Delage. Telefonei pra ela, e ela me ajudou em tudo. Em outubro de 2016 viajei até Omaha, em Nebraska, nos Estados Unidos, e iniciei o Programa para formação de “Medical Consultant” do Creighton Model System e da NaProTechnology, finalizando em abril de 2017. Realmente fiquei fascinado com o tratamento de infertilidade que a NaPro oferece. Perceber que os casais católicos têm uma saída bioética e moralmente aceita pela Igreja para o tratamento da infertilidade me inspirou ainda mais. Quando iniciei a prática clínica da NaPro e vi os primeiros frutos, as primeiras gestações surgiram, percebi claramente a mão de Deus ali.

 

Entrevista com o Doutor Eduardo Honorato R. Alves, ginecologista e obstetra (Ginecologia Integrativa e Obstetrícia)

 

A Napro é pouco divulgada, há pouquíssimo material em português sobre o assunto, o número de profissionais, no país, que trabalham com essa ciência médica é muito pequeno. Quais são suas perspectivas em relação a uma maior divulgação da Naprotecnologia bem como ao aumento no número de profissionais atuando nessa área? Há campo de atuação para futuros profissionais que queiram trabalhar com a Napro?

A NaProTechnology não é e nunca foi uma técnica de reprodução humana, uma ciência “fazedora” de bebês. Assim como o Creighton Model System (CrMS) não é um contraceptivo natural. No começo tive vontade de anunciar ao mundo a beleza da NaPro e do CrMS, mas Deus sabe o tempo e a maneira correta disso acontecer. Há uma escassez muito grande de instrutores de métodos naturais no Brasil, e a realidade do CrMS e da NaPro não é diferente. É impossível aplicar alguns protocolos da NaPro sem o Creighton Model. E é impossível aplicá-lo sem instrutores (que passam por uma capacitação profissional dispendiosa de 12 meses com 2 períodos de 10 dias presenciais nos Estados Unidos ou na Cidade do México). No momento contamos com 3 instrutoras e 2 médicos NaPro. O ideal são 3 instrutores para cada médico.

Só para ter ideia, a Argentina conta com 12 instrutoras; e o Paraguai, com 4. Aproveito e faço um apelo aos leigos de todas as paróquias para mudarmos a realidade dos métodos naturais no Brasil, tão pouco disseminados, em especial às usuárias do Creighton Model System, que se sintam chamadas a servir à Deus como instrutoras.

O senhor é de Goiânia, atende nessa cidade. Às mulheres, aos casais, que lendo esta entrevista, queiram marcar atendimento com o senhor, há algum contato para isso?

Sim, é claro. Aos interessados, podem entrar em contato comigo pelo e-mail dreduardohonorato.go@gmail.com que enviarei os dados da Clínica onde faço atendimento.

Por fim, o senhor deseja deixar alguma mensagem aos casais que estão passando pela infertilidade e buscam tratamento para a realização do sonho de serem pais?

Antes de tentar conseguir ter um filho é preciso querer ser pai/mãe, mesmo que esse filho não seja fruto do ventre do casal, ou que seja um filho ou muitos filhos espirituais. É necessário primeiro buscar uma paternidade e maternidade responsável, que começa até mesmo na preparação para o matrimônio. Essa busca é um processo que requer muito estudo, primeiro o estudo de si mesmo (autoconhecimento), depois estudar para construir um casamento saudável (nosso Magistério, conhecimento do cônjuge, harmonia conjugal) e JUNTOS adentrar no caminho de progresso espiritual que os levará a realmente contemplar a face de Deus. Infelizmente, fomos condicionados a fazermos nossos planos e aguardarmos somente as bênçãos de Deus para nossas decisões. A vida espiritual não é assim, o sofrimento passa, mas o ter sofrido possui valor eterno. O Céu é nossa meta. Contem conosco, pois embora não exista tratamento milagroso, a NaPro é uma Ciênica Médica que, embasada na Verdade, pode lhes dar muitas respostas ainda não reveladas.

Doutor Eduardo, muito obrigada pela entrevista. Que Deus o abençoe, abençoe sua família e o conduza nessa missão.

Dr. Eduardo Honorato R. Alves - CRM-GO 17331 / RQE 8541

Graduação em Medicina pela Escola Superior de Ciências da Saúde - Brasília/DF

Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Forças Armadas - Brasília/DF

Medical Consultant of the Creighton Model FertilityCare System pela Creighton University School of Medicine - Omaha/NE (USA)

Dayane Negreiros

Entusiasta e divulgadora das catequeses sobre o amor humano no plano divino, de São João Paulo II, a Teologia do Corpo. Filha e devota de Nossa Senhora de Guadalupe. Pró-vida. Membro da Comissão de Bioética da Arquidiocese de Brasília.

POSTS relacionados

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
josy Reis

josy Reis

Fico muito feliz por esse avanço, que Deus possa conceder mais médicos que ensine a prática da nossa igreja católica. Abraços e Parabéns para o Dr. Eduardo Honorato R. Alves.
★★★★★DIA 30.10.18 17h41RESPONDER
Letícia B
Enviando Comentário Fechar :/
Yanna Macedo

Yanna Macedo

Fico muito feliz em ler essa matéria. O Dr Eduardo é meu médico a 6 meses e como sou grata a Deus por tê-lo colocado em meu caminho.
★★★★★DIA 09.03.18 11h35RESPONDER
Dayane Negreiros, josy Reis
Enviando Comentário Fechar :/
Dayane Negreiros

Dayane Negreiros

Que ótimo, Yanna. Bendito seja Deus!

★★★★★DIA 10.03.18 21h20RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/