Mulheres: as construtoras de uma nova sociedade

Mulheres: as construtoras de uma nova sociedade

O mundo atual encontra-se totalmente desestabilizado porque a mulher não sabe mais quem ela é. Mais do que nunca, hoje se coloca de modo crucial o problema de sua identidade, pois com o ardente desejo de enfrentar situações que as ultrapassem não sabem mais se situar em relação ao homem, nem qual poderia ser o sentido da sua missão, e com isso, a própria sociedade vem perdendo a referência de si mesma. Mas será que existe solução para tempos tão difíceis? E por que as mulheres precisam ser as protagonistas de reconstrução da sociedade?

 

Libertação x Sofrimento

Mulheres: as construtoras de uma nova sociedade

             Nas últimas décadas aconteceu uma verdadeira mutação social. A condição da mulher mudou consideravelmente e esta evolução abriu-lhe portas até então inacessíveis, permitindo que as mulheres pudessem demonstrar sua competência. Entretanto, essa liberação no nível do agir não parece ter resolvido seus problemas profundos. Ao tentar libertar-se a qualquer preço e por todos os meios, confundiu-se verdade e sinceridade: porque era sincera, acreditou que estava na verdade e muitas vezes se extraviou querendo expandir-se, custe o que custar. Mas, diante de tanta liberação, quando chega o sofrimento ela se reencontra sozinha, desamparada. Ela se liberou de toda a dominação, mas também de toda a proteção.

 

A rivalidade, fonte da infelicidade

Mulheres: as construtoras de uma nova sociedade

            Assim, criou-se uma instabilidade entre mulheres e homens. Dividir-se para melhor reinar é uma tática maligna, pois separar o que Deus uniu para poder manipular uns e outros esteriliza o plano de Deus, e com isso a sociedade padece separações e divisões de todas as espécies. Gera-se a infelicidade da mulher, infelicidade do homem, infelicidade da criança, uma reação em cadeia fruto de um equilíbrio rompido que faz pesar uma ameaça sobre o mundo. O papel da mulher não é esmagar o homem, mas eleva-lo, ajudá-lo a tornar um homem novo a fim de elevar, assim, toda a humanidade.

            A ciência fez progredir a civilização, mas paralelamente ficamos subdesenvolvidos espiritualmente e a carência não faz mais que se acentuar, produzindo seres cada vez mais inadaptados à vida, mais frágeis e vulneráveis. Num mundo desorientado e em constante “busca do propósito” é necessário redescobrir o sentido da vida, do sofrimento e da morte, e por isso é urgente que a mulher reencontre sua identidade e seu lugar no plano de Deus a fim de que o homem também reencontre a sua.

 

Gerar uma nova sociedade

Mulheres: as construtoras de uma nova sociedade

            Dessa forma, a mulher tem um papel a desempenhar: a ser protagonista de uma nova sociedade, um papel estimulante como um novo parto. “Tudo  o que está escondido será revelado” (Mt 10,26) e se por um instante a luz dos projetores do mundo foi dirigida sobre as torpezas, virá o dia em que Deus desvendará a beleza das almas. O mistério da mulher aparecerá então em todo o seu esplendor, intimamente ligado ao mistério de nossa Redenção, tal luz dada para iluminar a face do homem. É tempo de avaliar tamanha responsabilidade dando o melhor de si mesma, reconhecendo sua diferença não como falha, mas como riqueza e dom de Deus.

 

 

 

Marcela Kamiroski

Toda terça-feira publicaremos um texto nesta jornada de reencontro com a identidade feminina, suas aspirações interiores e seu valor ontológico para a sociedade.

Conheça nosso apostolado Caritas in Veritate: 

www.youtube.com/CaritasinVeritate

insta: @marcela.kamiroski

POSTS relacionados

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Marcos Leite

Marcos Leite

Excelentes colocações. O feminismo teve sua razão de ser na sua origem, mas hoje é um elemento de grande desequilíbrio na sociedade. Criamos mal nossos filhos, longe dos pais e perdemos a capacidade de nos compreender verdadeiramente.
★★★★★DIA 20.01.19 11h29RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Suéllem Carvalho

Suéllem Carvalho

Gostei muito do texto. Realmente as mulheres muitas vezes se perdem querendo competir com o homem.
★★★★★DIA 08.01.19 15h47RESPONDER
Suéllem Carvalho, Letícia B, Marcos Leite
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/