Santa Gianna: 5 Lições aos Solteiros Católicos

Santa Gianna: 5 Lições aos Solteiros Católicos

Gianna Molla é uma nova santa, canonizada recentemente por São João Paulo II. Foi educada em uma família católica numerosa de doze filhos e viveu na região da Lombardia, na Itália. Seus pais eram devotos e muitas vezes rezavam o Santo Rosário juntos em família. Durante sua adolescência, Gianna começou a participar da Ação Católica. Ela também orientava jovens garotas nesse grupo, ajudando-as a se prepararem para suas vocações de vida e ensinando-as sobre o sacrifício. Tragicamente, ela perdeu os dois pais quando tinha apenas vinte anos de idade. Após a morte dos pais, Gianna escolheu estudar medicina, formando-se aos 27 anos.

Resumidamente, ela considerou servir como médica missionária no Brasil, onde um de seus irmãos era um padre missionário. No entanto, seguindo o conselho de seu diretor espiritual e de outras pessoas, optou por não seguir este plano devido a problemas de saúde. Ela ficou incerta sobre sua vocação por algum tempo e fez uma peregrinação a Lourdes, na França, e colocou sua vocação nas mãos da Santíssima Virgem. Após seu retorno à Itália, começou a ver um certo cavalheiro cada vez com mais frequência. O nome desse senhor era Pietro Molla.

Eles se conheceram em uma missa em 8 de dezembro de 1954. Pouco tempo depois, começaram a discutir o casamento. Pietro e Gianna ficaram noivos e se casaram em 24 de setembro de 1955.

Eles tiveram três filhos. Durante sua quarta gestação, Gianna começou a desenvolver complicações. Os médicos disseram a ela que ela poderia escolher um aborto, uma histerectomia ou remover o fibroma. Gianna teve o fibroma removido, mas isso não significava que o resto da gravidez seria tranquila. Em suas orações, Gianna estava ciente de que ela poderia enfrentar uma escolha, seja por sua vida ou a vida da criança. Ela fez uma escolha corajosa, dizendo aos médicos que eles deveriam salvar a vida de sua filha. Seu bebê foi entregue e Gianna morreu durante o parto. Gianna Molla é uma verdadeira testemunha pró-vida e padroeira do matrimônio e da família.

Há muitas lições da vida de Gianna para os solteiros.

1. ORIENTAR A  JUVENTUDE

Gianna fazia parte da Ação Católica e, como membro desse grupo, frequentemente passava tempo com as jovens. Ela ensinou-lhes sobre a virtude e ajudou-as a se prepararem para as suas eventuais vocações. Como solteiros, devemos abraçar a maternidade ou paternidade espiritual, dedicando tempo às crianças ao nosso redor. Você pode orientar os jovens, acompanhá-los em viagens missionárias, envolver-se em sua paróquia. Você também pode se aproximar a sobrinhos e sobrinhas, gastando tempo com eles e ensinando-os. Você pode ajudá-los a crescer em virtude e aprender mais sobre sua fé. Interesse-se por eles. Ajude-os a crescer.

2. AMAR A MODÉSTIA

Gianna Molla era alguém que vivia a virtude da modéstia. Ela era uma mulher moderna que amava a moda, mas escolheu parecer elegante e feminina. Como mulheres solteiras, precisamos pensar sobre como o nosso estilo de vestuário afeta os homens já que queremos ir para o céu e levar nossos irmãos em Cristo para o céu também.

Senhores, pareçam cavalheiros. Vista-se com orgulho. Você é filho do Deus Altíssimo. Em um encontro, você pode usar uma jaqueta e calça ou um jeans. Uma jaqueta sempre parece elegante. Use uma colônia de cheiro. Tenha um bom corte de cabelo. Orgulhe-se da sua aparência! Você é uma das obras-primas de Deus!

3. CASTIDADE E RELACIONAMENTOS

Santa Gianna tentava ser uma santa em sua vida. Ela e Pietro tiveram um namoro casto. Gianna era romântica - ela escreveu cartas de amor para o marido durante o noivado e casamento.

Um dos livros mais bonitos que li sobre esse assunto é do reverendo T.G Morrow O namoro cristão em um mundo hipersexualizado: com os pensamentos de C.S. Lewis e do papa João Paulo II. A edição mais recente deste livro tem algumas mudanças e agora é chamada de "Namoro Cristão em um Mundo sem Deus". Eu recomendo este livro para todos os solteiros, namorados, noivos e até mesmo aos casados. Há tanta sabedoria!

Para os solteiros, o autor fala sobre usar seu tempo de solteirice para melhorar a si mesmo, desenvolver sua vida de oração, se divertir um pouco a cada semana. Para casais de namorados, propõe o modelo de namoro de amizade para os primeiros três meses de namoro. Isso significa namorar sem beijar, concentrando-se apenas em conhecer a outra pessoa para ver se você é compatível. Abraços estão liberados. Também significa afastar-se da linguagem romântica durante esse tempo, pois esse tipo de linguagem pode provocar emoções. Seja como Santa Gianna e escreva cartas de amor ou notas de encorajamento! Este livro oferece muitas ideias.

Apesar de concordar com quase tudo o que Pe. Morrow propõe em seu livro, eu discordo de sua afirmação de que todo casal, independente de sua idade, deveria namorar por dois anos. Eu gosto de sua ideia sobre amizade-namoro de um a três meses no início de um relacionamento. Também discordo do que ele diz sobre ter cuidado com o homem que propõe casamento depois de dois ou três meses de relacionamento. Eu acho que um homem que faz isso, pode estar apenas seguindo a vontade de Deus depois de orar por encontrar uma pessoa. Santa Gianna foi do primeiro encontro ao casamento com Pietro em nove meses.

Solteiros, vocês conseguem! Vocês podem ter um relacionamento e namoro castos. Como solteiros, temos que construir uma nova cultura, uma com Deus no centro dela. Precisamos amar verdadeiramente uns aos outros, não explorar ou usar uns aos outros.

4. REZAR POR SUA VOCAÇÃO

Gianna passou um bom tempo rezando por sua vocação. Ela fez peregrinações e pediu a Deus para ajudá-la. Você pode fazer o mesmo. Eu recomendo novenas do rosário para encontrar um esposo, e também viagens aos santuários marianos. Reze por si mesmo, mas também reze pelo seu futuro cônjuge. Ele ou ela pode estar passando por um momento difícil na vida e precisa de suas orações para cura e graça. Seu futuro cônjuge é alguém que você pode começar a amar e por quem se sacrificar por agora. Ofereça missas para o seu futuro cônjuge. Grandes graças e até milagres podem vir da missa.

5. EQUILÍBRIO ENTRE A VIDA E O TRABALHO

Gianna era esposa, mãe e médica. Era difícil equilibrar isso tudo. Os solteiros têm muitas atividades acontecendo. Temos emprego, casa, família, etc. Coloque limites no trabalho. Tente fazer seu trabalho bem e rapidamente dentro do tempo previsto. Evite muito tempo extra. Isso pode reduzir o tempo que deve ser gasto com Deus e na família. Para os solteiros, isso pode reduzir o tempo que deve ser gasto trabalhando em relacionamentos ou na busca de um futuro esposo(a). Peça a Deus que ajude a multiplicar seu tempo no trabalho para que tudo seja feito. Se o seu trabalho está tirando muito tempo da sua vida e você tentou as estratégias acima, encontre um novo emprego. Peça a Deus para ajudá-lo. Em última análise, família, vocação e seu futuro cônjuge são mais importantes do que alguns empregos.

Santa Gianna, rogai por nós!

Texto original em Catholic Singles

Aline Galhardo

Aline é Católica, esposa e mamãe da Gianna.

Dá aulas de Inglês e faz trabalhos de tradução.

POSTS relacionados

Enviando Comentário Fechar :/