A dimensão procriativa do sexo

A dimensão procriativa do sexo

Mais uma reflexão do nosso especial "Humanae Vitae"
Como conversar com os amigos sobre a castidade

Como conversar com os amigos sobre a castidade

Um papo sobre testemunho autêntico
Modéstia é para todas as ocasiões

Modéstia é para todas as ocasiões

Muita gente se esquece de alguns pontos importantes sobre esse assunto e acabam negligenciando essa virtude ou tornando-a um fardo incapaz de ser carregado – os dois extremos são ruins
Por que os contraceptivos ferem as leis de Deus

Por que os contraceptivos ferem as leis de Deus

“É, ainda, de excluir toda a ação que, ou em previsão do ato conjugal, ou durante a sua realização, ou também durante o desenvolvimento das suas consequências naturais, se proponha,...
Filmes românticos e pornografia

Filmes românticos e pornografia

Os romances e a afetividade
Sexo: não dá para separar a união da procriação

Sexo: não dá para separar a união da procriação

Mais um texto do especial "Humanae Vitae"
Namoro: razão ou emoção?

Namoro: razão ou emoção?

Ultimamente tenho observado um incentivo por parte dos formadores católicos para desprezarmos nossas emoções, como se elas fossem uma parte ruim da nossa vida
Sobre músicas seculares

Sobre músicas seculares

Neste post tento, humildemente - humildemente mesmo! -, fazer umas observações de músicas que escuto, gosto e reflito
Tempo de espera é momento para viver bem e ser feliz

Tempo de espera é momento para viver bem e ser feliz

A vida é um dom, um presente de Deus
Leis biológicas, instinto e paixões: o que isso tem a ver com paternidade responsável?

Leis biológicas, instinto e paixões: o que isso tem a ver com paternidade responsável?

“Em relação com os processos biológicos, paternidade responsável significa conhecimento e respeito pelas suas funções: a inteligência descobre, no poder de dar a vida, leis biológicas que fazem parte da...
Vida prática: santidade quotidiana no Matrimônio

Vida prática: santidade quotidiana no Matrimônio

Como viver a santidade no matrimônio sem tirar o pé do chão.
Porque ser radtrad parece mais correto que ser equilibrado

Porque ser radtrad parece mais correto que ser equilibrado

Nas minhas reflexões, encontrei quatro razões que podem explicar, ao menos em partes, porque ser rad trad parece mais correto que ser um católico equilibrado que tenta ser santo ao...